Objetivos
  • Proporcionar conhecimentos sobre metodologias de avaliação do estado nutricional de populações, desenvolvendo aptidões na obtenção, interpretação e análise de dados obtidos pelas mesmas;
  • Proporcionar conhecimentos de forma sistemática e integrada dos aspetos fisiopatológicos e das doenças, a sua etiologia e terapia nutricional adequada;
  • Proporcionar capacidades e aptidões para intervenção a nível populacional identificando e apontando soluções para a resolução de problemas de nutrição, dietética e saúde pública;
  • Dar a conhecer a importância de uma correta avaliação nutricional e metabólica nas diferentes etapas do ciclo de vida;
  • Reconhecer e avaliar a importância da nutrição como terapia em diferentes patologias crónicas, com especial enfase na hipertensão e diabetes mellitus;
  • Otimizar conhecimento e prescrição de dietas hipocalóricas com intuito de emagrecimento;
  • Dieta hiperproteica no jovem desportista/atleta;
  • Reconhecer e avaliar a importância da nutrição durante gravidez, aleitamento e infância precoce;
  • Reconhecer e avaliar a importância da nutrição nos idosos e grandes idosos;
  • Reconhecer e avaliar a importância da nutrição nos doentes demenciados/dependentes;
  • Adquirir conhecimentos sobre diferentes suplementos alimentares existentes e a sua prescrição;
  • Implementar e monitorizar o suporte nutricional adequado em ambulatório.
Resultados de aprendizagem
  • Conhecer, saber utilizar, aplicar e interpretar criticamente as fontes de informação relacionadas com os dados de alimentação/ nutrição, estilos de vida e outros indicadores sociais relevantes.
  • Aquisição de competências na área da nutrição e dietética que lhes permita fazer aconselhamento alimentar nas diversas situações clínicas.
Destinatários

Licenciados ou detentores do Mestrado Integrado em Medicina, Enfermagem ou Farmácia.

Calendarização do curso

7 de Outubro 2017 a 25 de Novembro 2017
Sábado das 9h às 13h

Candidatura

Clique aqui para candidatar-se

Regime de frequência

Os estudantes têm a possibilidade de optar por dois regimes de frequência: o regime Presencial e o regime à Distância. Ambos os regimes possibilitam aos estudantes o acesso às aulas através da combinação de 3 vias (presença em sala de aula, videoconferência e aula gravada) variando entre si na percentagem de acesso atribuída a cada uma destas modalidades.

1. No regime presencial os estudantes devem frequentar no mínimo 75% das aulas presencialmente, em sala de aula. Em casos excecionais e devidamente justificados, os restantes 25% das aulas podem ser assistidos através de videoconferência e e/ou aula gravada.

2. No regime à distância os estudantes devem frequentar no mínimo 75% das aulas através de videoconferência. Em casos excecionais e devidamente justificados, os restantes 25% das aulas podem ser assistidos em diferido através de aula gravada. A inscrição no regime à Distância encontra-se reservado aos estudantes que não apresentem condições para frequência no regime presencial.

ECTS

Esta unidade de formação contínua confere 4 ECTS